Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

IR 2019: INSS disponibiliza extrato de rendimento para consulta

maisCotações e Índices

Moedas - 20/03/2019 16:08:08
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,741
  • 3,742
  • Paralelo
  • 3,760
  • 3,960
  • Turismo
  • 3,590
  • 3,890
  • Euro
  • 4,282
  • 4,283
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,781
  • 3,780
  • Libra
  • 4,957
  • 4,960
  • Ouro
  • 159,690
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 25/Março/2019
  • DCTF Mensal | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
  • DCTF - Inativa | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte
  • COFINS
  • PIS/Pasep
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

IR 2019: INSS disponibiliza extrato de rendimento para consulta. Aposentados e pensionista do  Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já podem acessar o informe Informe de Rendimentos – ano-base 2018 – para a declaração do Imposto de Renda 2019. O extrato está disponível no site e pelo aplicativo Meu INSS. O documento é fundamental para  acertar as contas com o Leão.

Na página do instituto, é possível consultar o demonstrativo sem a necessidade de senha, já pelo aplicativo, são requeridos o login e a senha. Extratos de anos anteriores também estão disponíveis.

No documento, o INSS informa os valores recebidos pelo contribuinte no ano e quanto foi pago de imposto.

A Receita Federal divulgará até o fim do mês o calendário do IR 2019 bem como os limites de isenção e as faixas de renda tributáveis. Uma novidade, no entanto, já foi anunciada: para fazer a declaração este ano é preciso informar o CPF de todos os dependentes, independente da idade. No ano passado, a obrigatoriedade era apenas para maiores de 8 anos.
Idosos têm prioridade

A restituição do Imposto de Renda, quando a Receita devolve valores de imposto que o contribuinte pagou a mais durante o ano, é paga prioritariamente aos idosos maiores de 65 anos.

Além de ter prioridade, os idosos também têm uma faixa de isenção maior, em relação aos demais contribuintes. Os aposentados e pensionistas com mais de 65 anos que recebem até 3.807,96 não são obrigados a descontar o IR sobre seus vencimentos. O valor tem como referência a declaração do ano passado.

A lei estabelece que, além da faixa de isenção geral, no valor de 1.903,98, haja ainda, para esses idosos, uma isenção adicional para ganhos de mais 1.903,98.

Fonte: MixVale | 19/02/2019

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114