Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

Microsoft Bing é temporariamente bloqueado na China

maisCotações e Índices

Moedas - 21/02/2019 16:03:30
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,752
  • 3,753
  • Paralelo
  • 3,740
  • 3,930
  • Turismo
  • 3,600
  • 3,900
  • Euro
  • 4,251
  • 4,252
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,746
  • 3,745
  • Libra
  • 4,890
  • 4,893
  • Ouro
  • 159,370
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 25/Fevereiro/2019
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras.
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte.
  • COFINS.
  • PIS/Pasep. 
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados. 
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

O buscador Microsoft Bing foi bloqueado na China devido a um erro técnico acidental, segundo a Bloomberg. Acreditava-se que a ordem para o fim do acesso tinha vindo diretamente do governo do país, como uma tentativa de censura. O site já pode ser acessado novamente no país.

Segundo a própria Microsoft, o Bing não podia ser acessado se o usuário utilizasse uma conexão dentro da China. Mesmo com o acesso interrompido, era possível entrar no cn.bing.com e realizar alguma pesquisa na versão chinesa do buscador.

Alguns usuários chineses acreditavam que o bloqueio havia sido ordenado após o número crescente de acessos ao Bing, partindo de pessoas que descobriram que existe alternativa ao buscador chinês Baidu. Mesmo sendo um site de empresa americana, ele vem trabalhando de acordo com as exigências do governo e restringe alguns termos – há até uma versão modificada do Windows 10 que foi lançada especialmente para a China.

Existe um seleto grupo de gigantes da tecnologia com o acesso impedido para quem está dentro do país. O caso mais famoso é o do Google e seus serviços, como Gmail, YouTube e o próprio site de buscas, que não são abertos por lá desde 2010. Até mesmo o WhatsApp foi removido, em 2017.

De acordo com rumores, o Google tem planos de reverter o banimento ao alterar o motor de buscas do site, para poder atender aos pedidos do governo.

fonte: https://tecnoblog.net | 25/01/2019

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114