Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

Golpe no WhatsApp se espalha prometendo acesso a pesquisa eleitoral; evite

maisCotações e Índices

Moedas - 12/12/2018 16:11:34
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,847
  • 3,849
  • Paralelo
  • 3,820
  • 4,020
  • Turismo
  • 3,690
  • 4,000
  • Euro
  • 4,376
  • 4,380
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,881
  • 3,882
  • Libra
  • 4,870
  • 4,873
  • Ouro
  • 156,000
  •  
Mensal - 06/12/2018
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • 0,21
  • 0,40
  • Ipc/Fipe
  • 0,39
  • 0,48
  • Ipc/Fgv
  • 0,34
  • 0,48
  • Igp-m/Fgv
  • 1,52
  • 0,89
  • Igp-di/Fgv
  • -
  • 0,26
  • Selic
  • 0,47
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,55
  • 0,55
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 13/Dezembro/2018
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras.
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Todo grande evento vira isca para golpe no WhatsApp, e não há evento maior acontecendo no Brasil atualmente do que, obviamente, as eleições. Com tanta discussão sobre a legitimidade das pesquisas eleitorais, não é surpresa que uma nova ameaça tenha se espalhado pelo aplicativo com a promessa de permitir que as pessoas dessem sua opinião sobre a disputa.

Como relatado pela Folha de S. Paulo, circulam pelo aplicativo links que prometem dar aos usuários a chance de participar de uma pesquisa de opinião eleitoral, tanto do Ibope quanto do Instituto Datafolha. Em ambos os casos, claro, o link é falso, e apenas utilizam esse tema polêmico para se difundir entre os usuários.

O golpe é simples, bastante similar a tantos outros que circulam pelo WhatsApp há um bom tempo. A vítima recebe uma mensagem de um conhecido ou de um grupo do qual ela faz parte com um link para responder à pesquisa de intenção de voto. Nesta página, há um formulário com cidade, estado e candidato em que pretende votar.

Depois de confirmar sua opinião, o usuário é orientado a compartilhar o link com seus contatos e grupos, que é a forma usada para disseminação da página. Só assim a pessoa pode supostamente ver os resultados da pesquisa.

Em contato com a Folha de S. Paulo, a empresa de segurança Kaspersky afirmou que, ao contrário de muitos ataques do tipo, os usuários afetados não são orientados a instalar nenhum aplicativo malicioso no celular, o que reduz o impacto do golpe, mas ainda assim não é um processo livre de riscos.

Tanto Ibope quanto Datafolha se manifestaram afirmando serem falsos quaisquer tipos de convite para participar de pesquisas de opinião pela internet.

Fonte: Olhar Digital | 27/09/2018

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114