Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

Novo golpe no WhatsApp usa falsa promoção do iFood como isca

maisCotações e Índices

Moedas - 14/12/2018 16:03:52
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,900
  • 3,901
  • Paralelo
  • 3,880
  • 4,080
  • Turismo
  • 3,750
  • 4,060
  • Euro
  • 4,407
  • 4,408
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,913
  • 3,912
  • Libra
  • 4,900
  • 4,903
  • Ouro
  • 152,150
  •  
Mensal - 06/12/2018
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • 0,21
  • 0,40
  • Ipc/Fipe
  • 0,39
  • 0,48
  • Ipc/Fgv
  • 0,34
  • 0,48
  • Igp-m/Fgv
  • 1,52
  • 0,89
  • Igp-di/Fgv
  • -
  • 0,26
  • Selic
  • 0,47
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,55
  • 0,55
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 17/Dezembro/2018
  • INSS | Previdência Social.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Há um novo golpe em circulação pelo WhatsApp no Brasil. Descoberto pela empresa de segurança PSafe, o ataque oferece cupons de R$ 100 para serem utilizados no aplicativo de pedidos de comida iFood. Mas, a ação é falsa e visa roubar dados pessoais das vítimas.

Para atrair o público, os cibercriminosos inventaram uma promoção em comemoração ao suposto aniversário do iFood. Só que não há nada a festejar: até as 12h de hoje, já haviam sido detectados mais de 86 mil ciberataques nas últimas 48 horas, segundo a PSafe.

Ao clicar no link falso, o usuário acessa uma página na qual há uma pesquisa que precisa ser respondida antes do acesso ao cupom. São feitas três perguntas: “Conhece o funcionamento do iFood?”; “Possui o aplicativo instalado no seu smartphone?”; “Indicaria o iFood para amigos e familiares?”.

Seja lá qual for a resposta, o usuário é direcionado para uma página na qual é incentivado a compartilhar com todos os amigos ou grupos do WhatsApp. O texto afirma que após o compartilhamento, o usuário será redirecionado para autenticar o cupom e receberá uma confirmação por SMS. Ao final, há ainda uma falsa seção de comentários com pessoas que teriam conseguido o suposto benefício.

Para não cair em ameaças como esta, a recomendação dos especialistas é sempre duvidar da veracidade do link e desconfiar de mensagens que pedem para realizar o compartilhamento com amigos para ganhar alguma coisa. Em caso de dúvidas, procure os canais oficiais da empresa nas redes sociais e o site oficial.

Fonte: Olhar Digital | 23/08/2018

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114