Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

Coreia do Sul bane negociações anônimas com Bitcoin e outras criptomoedas

maisCotações e Índices

Moedas - 18/04/2019 15:58:52
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,911
  • 3,911
  • Paralelo
  • 3,890
  • 4,110
  • Turismo
  • 3,760
  • 4,080
  • Euro
  • 4,392
  • 4,393
  • Iene
  • 0,035
  • 0,035
  • Franco
  • 3,853
  • 3,852
  • Libra
  • 5,088
  • 5,091
  • Ouro
  • 160,500
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 18/Abril/2019
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte
  • Cofins/CSL/PIS-Pasep | Retenção na Fonte
  • COFINS/PIS-Pasep | Entidades financeiras
  • INSS | Previdência Social
  • Informe de Rendimentos Financeiros
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

A Coreia do Sul segue duelando com Bitcoin e outras criptomoedas. A novidade é que o governo do país baniu o uso de contas anônimas de bancos para as transações com moedas virtuais. Reflexo dessa "pegação no pé", a moeda teve uma queda de cerca de US$ 11 mil para US$ 10,2 mil nessa terça. Mas, calma, hoje o Bitcoin já voltou a ser negociado por cerca de US$ 11 mil (de novo), segundo o Coinmarketcap. Uma volta dos que não foram, né?

O interesse do governo sul-coreano é coibir que as criptomoedas sejam utilizadas como forma de lavar dinheiro de origem criminisa, reporta a BBC. O país é o terceiro maior negociador de bitcoins e moedas semelhantes, atrás apenas de Japão e Estados Unidos. A nova política deve começar a valer no dia 30 de janeiro.

Os donos de carteiras anônimas de bitcoin e semelhantes deverão conectar seus ativos à contas em seu nome e comprovar a identidade. Algo que já acontece com o sistema antifraude Know Your Customer dos EUA.

Outra medida que mostra que os coreanos não estão para brincadeira é que investidores menores de idade e estrangeiros não poderão abrir contas de criptomoedas no país. Vale lembrar que "bitcoin e seus amigos" estiveram próximos de serem banidos de vez do país, em uma medida muito pouco popular.

Bom, com tanto pano pra manga, essa história está longe de terminar.

fonte: https://www.thebrief.com.br

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114