Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

Vírus encontrado no Android consegue ler conversas do WhatsApp

maisCotações e Índices

Moedas - 19/07/2019 13:19:24
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,739
  • 3,740
  • Paralelo
  • 3,710
  • 3,900
  • Turismo
  • 3,590
  • 3,890
  • Euro
  • 4,196
  • 4,200
  • Iene
  • 0,035
  • 0,035
  • Franco
  • 3,809
  • 3,811
  • Libra
  • 4,673
  • 4,676
  • Ouro
  • 172,170
  •  
Mensal - 06/05/2019
  • Índices
  • Fev
  • Mar
  • Inpc/Ibge
  • 0,54
  • 0,77
  • Ipc/Fipe
  • 0,54
  • 0,51
  • Ipc/Fgv
  • 0,35
  • 0,65
  • Igp-m/Fgv
  • 0,88
  • 1,26
  • Igp-di/Fgv
  • 1,25
  • 1,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,47
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 22/Julho/2019
  • IRPJ/CSL/PIS/COFINS | Incorporações imobiliárias | Regime Especial de Tributação – PMCMV.
  • IRPJ/CSL/PIS/COFINS | Incorporações imobiliárias | Regime Especial de Tributação - RET.
  • Simples Nacional.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Uma nova praga descoberta por pesquisadores de segurança da Kaspersky ataca smartphones Android e consegue até espionar atividades realizadas dentro do WhatsApp. Chamada Skygofree, ela consegue até mesmo ativar o microfone para gravar o que acontece ao redor do usuário.

O vírus foi detalhado em um post feito no site da Kaspersky. O Skygofree é bastante sofisticado: ele consegue detectar a localização exata do dispositivo, conectar o dispositivo infectado a uma rede Wi-Fi controlada por hackers, e até mesmo tirar uma fotografia do usuário com a câmera frontal do aparelho.

Ele também tem poderes para ler conteúdo enviado pelo WhatsApp. Em resumo, o Skygofree consegue acesso a todas as conversas feitas dentro do aplicativo, assim como as realizadas no Viber, Facebook Messenger e Skype, mesmo que as conversas sejam criptografadas. O Skygofree usa uma brecha nos serviços de acessibilidade do Android para ter acesso a esse conteúdo.

De acordo com a Kaspersky, a praga foi encontrada no fim de 2017, mas está na ativa desde 2014, pelo menos. O malware infecta dispositivos a partir da instalação de aplicativos falsos que prometem melhorar a velocidade da internet móvel.

Até o momento, o Skygofree não foi encontrado em apps presentes em lojas oficiais como a Google Play Store, então a melhor maneira de se manter seguro é evitando baixar softwares de fontes pouco confiáveis.

fonte: olhardigital.com.br

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114