Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

Seis dicas de como dar feedback ao funcionário

maisCotações e Índices

Moedas - 23/04/2019 15:58:25
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,929
  • 3,931
  • Paralelo
  • 3,920
  • 4,120
  • Turismo
  • 3,760
  • 4,080
  • Euro
  • 4,405
  • 4,408
  • Iene
  • 0,035
  • 0,035
  • Franco
  • 3,851
  • 3,852
  • Libra
  • 5,070
  • 5,071
  • Ouro
  • 161,600
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 24/Abril/2019
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

A maioria dos gestores sente dificuldade de fornecer um retorno sobre o trabalho de seus funcionários, bem como sobre o seu comportamento, atitude e a qualidade das tarefas desenvolvidas, quando os mesmos não atenderam as expectativas.

Pode parecer difícil conduzir essa conversa, principalmente quando o retorno não é positivo, por isso, a diretora executiva da consultoria Stato Lucia Costa dá algumas dicas de como os líderes podem se preparar para este momento.

“O feedback é um ponto essencial no ambiente de trabalho, pois garante o bom fluxo de comunicação e de relacionamento entre líderes e liderados. Uma conversa franca bem desenvolvida, por exemplo, aproxima e reforça a relação interpessoal, melhorando o nível de confiança da equipe”, diz Lucia.

Para estabelecer esse momento junto ao colaborador, confira algumas dicas:

1. Escolha um ambiente calmo para diminuir a tensão

2. Pense cuidadosamente no que será falado antes da conversa

3. É importante fazer um balanço de aspectos positivos e negativos sobre o que deseja falar

4. Antes de destacar pontos negativos, ressalte o que houve de bom, pois ajuda a minimizar a resistência de quem escuta

5. Seja claro e objetivo, cite fatos, exemplifique o comportamento observado e explique de que forma poderia ser aperfeiçoado

6. Escute com atenção a outra pessoa, esteja pronto a reconsiderar o seu ponto de vista diante de novos fatos e, acima de tudo, sempre seja aberto a receber feedback também!

Por outro lado, o feedback não necessariamente precisa ser no ambiente corporativo. “Alguns gestores aproveitam aquele bate-papo num almoço ou café, desde que outras pessoas não estejam presentes, é claro, para sinalizar a percepção quanto ao desempenho, comportamento, atitude e pontos de melhorias”, finaliza Lucia.

Fonte: www.uol.com.br

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114