Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

As vantagens dos fundos de ações

maisCotações e Índices

Moedas - 14/12/2018 16:03:52
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,900
  • 3,901
  • Paralelo
  • 3,880
  • 4,080
  • Turismo
  • 3,750
  • 4,060
  • Euro
  • 4,407
  • 4,408
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,913
  • 3,912
  • Libra
  • 4,900
  • 4,903
  • Ouro
  • 152,150
  •  
Mensal - 06/12/2018
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • 0,21
  • 0,40
  • Ipc/Fipe
  • 0,39
  • 0,48
  • Ipc/Fgv
  • 0,34
  • 0,48
  • Igp-m/Fgv
  • 1,52
  • 0,89
  • Igp-di/Fgv
  • -
  • 0,26
  • Selic
  • 0,47
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,55
  • 0,55
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 17/Dezembro/2018
  • INSS | Previdência Social.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Enquanto o mundo aguarda o início do ciclo de alta dos juros nos EUA, aqui no Brasil esperamos com ansiedade o primeiro corte da Selic. No patamar de 14,25%, a taxa brasileira se destaca como a maior entre as principais economias do mundo.

A taxa de juros alta é boa para investidores conservadores, atrai investidores estrangeiros e, consequentemente, valoriza o real, porém não é favorável para a economia do país como um todo.

O movimento do Ibovespa no ano, de alta acumulada de mais de 30%, reflete as expectativas positivas para a economia, enquanto aguardamos a nova trajetória descendente da Selic. O Ibovespa já se aproxima da marca dos 60.000 pontos, patamar mais alto dos últimos dois anos (60.681 em 05/09/2014).

Investimento em ações é assim: quando percebemos, já aconteceu. Por isso, manter uma parcela investida no mercado acionário, mesmo que pequena (10%), é uma estratégia para incrementar a rentabilidade da carteira.

Quais ações comprar?

Selecionar ações é uma tarefa desafiadora. Analisar dados, fazer interpretações e projeções faz bem para a memória e para o ego. E pensamos que faz bem para o bolso. Porém, na maioria das vezes, os acertos são apenas reflexos da tendência de alta que aprecia todas as ações. Quando o mercado está sem tendência definida, as escolhas subjetivas e as preferências pessoais, que na maioria das vezes pesam mais do que os fundamentos, não geram bons resultados.

O investidor não segue uma filosofia de investimento, ele adapta uma conforme as opiniões dos seus mais próximos ou do momento do mercado. A falta de disciplina também rema contra os bons resultados e abre espaço para a emoção dar a direção nos negócios.

Por último, os custos são ignorados para facilitar os cálculos ou para não piorar ainda mais a performance. Assim, por estas e outras razões, investir em ações através de fundos é uma estratégia mais eficiente, porque o investidor conta com o profissionalismo de gestores.

Selecionar ações é para profissionais!

Avaliar empresas requer muita pesquisa, análise e, consequentemente, tempo, para dedicar-se à atividade. É preciso acompanhar a divulgação dos resultados das empresas, os dados de produção, confiança do empresário e consumidor e os noticiários com pronunciamentos de economistas e políticos importantes.

Analistas com habilidades e conhecimentos complementares coletam informações diretamente com os executivos e também com os operários das empresas, seus familiares, fornecedores, clientes e, principalmente, seus concorrentes. Participam de seminários, congressos, trocam informações com outros profissionais. Seguem as etapas de processos definidos com disciplina. São aptos e experientes para identificar as mudanças, como, por exemplo, o aumento da importância de determinado setor. Foi o que aconteceu, por exemplo, com construção civil e consumo interno. Os analistas conseguem antecipar ou aproveitar as oportunidades, lucram com os ativos e depois voltam a comprar a preços mais baixos, pois sabem combinar os números e dados para elaborar uma estratégia de investimento.

Principais diferenças entre investir diretamente ou via fundos de ações

Na tabela abaixo, seguem as diferenças entre comprar ações ou aplicar em fundos. Facilita compreender por que investir em fundos de ações é melhor para o nosso dinheiro.

Em resumo…

As principais vantagens de se investir em fundos de ações são: diversificação, gestão profissional e controle de custos. Nesse caso, pagar taxa de administração e performance vale a pena, já que as chances de alcançar retornos significativos no longo prazo são muito maiores.

Fonte: administradores.com.br - 31 de Agosto de 2016

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114