Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

Ministro do Planejamento anuncia 2 linhas de capital de giro com recurso do BNDES

maisCotações e Índices

Moedas - 13/12/2018 16:08:28
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,883
  • 3,884
  • Paralelo
  • 3,870
  • 4,070
  • Turismo
  • 3,730
  • 4,040
  • Euro
  • 4,409
  • 4,412
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,907
  • 3,907
  • Libra
  • 4,903
  • 4,906
  • Ouro
  • 153,830
  •  
Mensal - 06/12/2018
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • 0,21
  • 0,40
  • Ipc/Fipe
  • 0,39
  • 0,48
  • Ipc/Fgv
  • 0,34
  • 0,48
  • Igp-m/Fgv
  • 1,52
  • 0,89
  • Igp-di/Fgv
  • -
  • 0,26
  • Selic
  • 0,47
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,55
  • 0,55
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 14/Dezembro/2018
  • CIDE | Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico.
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças.
  • Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf)
  • Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos (DCTFWeb)
  • EFD Contribuições.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciou nesta quinta-feira, 25, duas iniciativas do BNDES sobre linhas financiamento ao setor privado. Em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, após encontro com o presidente em exercício, Michel Temer, o ministro anunciou que o BNDES vai melhorar as condições de financiamento para capital de giro e alterar as condições para empresas que estão em dificuldades e recuperação judicial. "Temer determinou duas iniciativas que visam melhorar capital de giro", afirmou o ministro. Os recursos serão repassados para outros bancos.

Dyogo Oliveira ressaltou que as medidas não terão aporte do Tesouro Nacional. "Não há nenhum tipo de equalização do Tesouro Nacional. São iniciativas que o BNDES fará com recurso que já tem disponível", afirmou, ao lado da presidente do banco, Maria Silvia Marques.

Segundo Maria Silva, a intenção é tentar conter o desemprego, já que o número de empresas com dificuldades cresceu muito. "São 923 empresas que entraram em recuperação judicial", disse.

Fonte: istoedinheiro.com.br - 25 de Agosto de 2016

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114