Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

IR 2016: Receita recebeu 12,5 milhões de declarações; faltam 16 milhões

maisCotações e Índices

Moedas - 23/04/2019 15:58:25
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,929
  • 3,931
  • Paralelo
  • 3,920
  • 4,120
  • Turismo
  • 3,760
  • 4,080
  • Euro
  • 4,405
  • 4,408
  • Iene
  • 0,035
  • 0,035
  • Franco
  • 3,851
  • 3,852
  • Libra
  • 5,070
  • 5,071
  • Ouro
  • 161,600
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 24/Abril/2019
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

A Receita Federal recebeu quase 12,5 milhões de declarações do Imposto de Renda de 2016 até as 17h desta segunda-feira (18).

O órgão espera receber 28,5 milhões de declarações no total. Portanto, faltam ainda cerca de 16 milhões. 

O prazo para entrega termina em 29 de abril. A multa para quem entregar a declaração fora do prazo é de 1% ao mês. O valor mínimo é de R$ 165,74 e o máximo, de 20% do imposto devido.

Quem deve declarar?
Neste ano, é obrigado a declarar Imposto de Renda quem, entre outras situações, recebeu mais de R$ 28.123,91 de renda tributável (salário, por exemplo), ou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados na fonte em 2015 (como indenização trabalhista).

Quem tinha bens cujo valor total era superior a R$ 300 mil também precisa declarar. 

Computador, tablet ou celular
A declaração pode ser feita pelo computador, por meio dos programas de declaração e entrega, que estão disponíveis para download no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br). 

O preenchimento e o envio também podem ser feitos por tablets e celulares, por meio do aplicativo IRPF, que é encontrado nas lojas Google Play (sistema Android) e App Store (iOS).

Quem tem certificado digital pode fazer o preenchimento online, sem precisar baixar o programa.

Novidades
A declaração deste ano tem algumas novidades em relação à de 2015. A maior parte das mudanças diz respeito à forma de preenchimento de alguns dados.

Agora é preciso, por exemplo, informar o CPF de dependentes e alimentandos maiores de 14 anos (antes, a exigência existia a partir dos 16 anos).

Fonte: economia.uol.com.br - 18 de abril de 2016

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114