Associação Profissional dos Contabilistas de Lins

Receita abre consulta sobre instrução normativa de repatriação de recursos

maisCotações e Índices

Moedas - 15/02/2019 15:59:07
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,710
  • 3,711
  • Paralelo
  • 3,700
  • 3,880
  • Turismo
  • 3,560
  • 3,860
  • Euro
  • 4,182
  • 4,185
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,687
  • 3,687
  • Libra
  • 4,777
  • 4,779
  • Ouro
  • 156,600
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

maisObrigações Tributárias do Dia

  • 20/Fevereiro/2019
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte.
  • Cofins/CSL/PIS-Pasep | Retenção na Fonte
  • COFINS/PIS-Pasep | Entidades financeiras. 
  • INSS | Previdência Social. 
  • EFD - Contribuintes do IPI | Pernambuco e Distrito Federal.
  • Simples Nacional. 
  • IRPJ/CSL/PIS/COFINS | Incorporações imobiliárias | Regime Especial de Tributação – PMCMV. 
  • IRPJ/CSL/PIS/COFINS | Incorporações imobiliárias | Regime Especial de Tributação - RET.
  • Previdência Social (INSS) | Parcelamento excepcional de débitos de Pessoas Jurídicas. 
  • Parcelamento especial da Contribuição Social do salário-educação. 
  • Previdência Social (INSS) | Parcelamento Especial de Débitos - PAES.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

A Receita Federal colocou em consulta pública a proposta de instrução normativa (IN) sobre a repatriação de recursos de brasileiros no exterior, chamada de Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária (RERCT). A partir desta terça-feira, 23, é possível contribuir por via da minuta desenhada pela Receita Federal através do site do órgão. O prazo se encerra no dia 3 de março.

Os dados dos contribuintes estarão à disposição da Receita, que poderá publicar as informações, exceto e-mail e CPF. De acordo com o Fisco, a medida é para "garantir maior transparência ao processo de elaboração dos atos submetidos à consulta pública".

Segundo o órgão, o objetivo da consulta pública é coletar subsídios e sugestões junto à sociedade para o processo de aperfeiçoamento de regras de iniciativa da Receita, promovendo maior previsibilidade e estabilidade aos efeitos da norma. "A consulta pública visa a assegurar que sugestões sobre aqueles atos possam ser conhecidas pela instituição e levadas em consideração na definição do conteúdo da norma", afirma o Fisco.

Em 2015, foram oferecidas para consulta pública seis atos normativos. A consulta pública publicada nesta terça é a quarta de 2016.

Fonte: istoedinheiro.com.br - 23/02/2016

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Associação Profissional dos Contabilistas de Lins  |  Rua Floriano Peixoto, n° 1.093 - Centro - Lins, SP | CEP 16.400-101
Fone 14. 3513-0114